Follow by Email

sábado, 3 de março de 2012

MANHÃS DE MARÇO

MANHÃS CALMAS, ENSOLARADAS, PREGUIÇOSAS
O CANTO DAS CIGARRAS,INEBRIANTES, ESTRIDENTES
AS FLORES DAS QUARESMEIRAS, DOS GIRASSÓIS AMARELOS
E A DESCARADA ROSA QUE BEIJA O BEIJA FLOR

MANHÃS SEM ALGAZARRAS, NEM FOLIAS
SEM BANDAS DE CARNAVAL ; JA CHEGA A QUARESMA
TEMPO DOS ARREPENDIDOS, TEMPO DE BUSCA, ETERNA PROCURA
DO EXÍMIO CRIADOR, CONSTRUTOR PERFECCIONISTA DA NATUREZA
GIGANTESCA DE RARA BELEZA

MANHÃS CONTÍNUAS, LENTAS NO CAMINHAR, SINAIS CLAROS DO FIM DA RAINHA ESTAÇÃO....O VERÃO
APROVEITEM AS FLORES , OS PASSAROS...
O CREPUSCULO...OUTONO PREPARANDO O PROXIMO TEMPO
ARVORES DORMENTES...FOLHAS AMARELADAS CAÍDAS AO VENTO
RIACHOS CALMOS DE AGUAS CLARAS....
DAIS DE BEBER AOS ANIMAIS, AOS PASSAROS, AOS SEDENTOS
HOMENS DOENTES DE DOR, DE AMOR, TEMENTES DA MORTE
LAVANDO ALMAS,, LEVANDO AS FOLHAS INERTES, FRIAS ,ALVAS
MATANDO A MORTE, DOANDO A VIDA QUE SURGE FÉRTIL
DO LODO BARRENTO DO TEU LEITO FRIO

SÃO OS MILAGRES DA TRANSFORMAÇÃO,
METAMORFOSE VIVA,
OCORRENTES DAS MANHÃS DE MARÇO...
FIM DE MAIS UM TEMPO VAGUEIA PELO PENSAMENTO
TEMPO DE RELIGIÃO, DA REFLEXÃO, DA ABSTINÊNCIA
QUASE IMPOSIÇÃO, MAS  OBEDIÊNCIA DOS FIÉIS
A UM LIVRO MANUSCRITO,VERSIONADO, RESPEITADO
PELAS AMEAÇAS , ESPERANÇAS DE GRAÇAS ,PROMESSAS DE
ETERNAS  MANHÃS  DE  MARÇO....!!










Nenhum comentário:

Postar um comentário